segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Nossa Ceia de Natal

Aqui em casa a gente ama o Natal. Contamos os dias para que ele chegasse. Contamos de modo especial com o calendário do advento e suas atividades. E enfim chegou a noite tão esperada. Tive a impressão que Clarice curtiu mais essa data esse ano. Talvez porque ela completou 5 anos. Cecilia amou os presentes, amou a árvore de Natal e algumas atividades do advento. Mas na Ceia ela participou muito pouco porque teve sono. Então deixei que ela dormisse. Sem problemas porque não adiantaria tê-la conosco acordada, porém enjoadinha com o sono. 

Esse ano recebemos meus pais para o Natal e eles estarão conosco também no ano novo. Foi muito bom preparar a Ceia para mais gente e todos os preparativos são cansativos, mas eu faria tudo, tudo absolutamente igual e de novo.

Escolhi um cardápio simples e saboroso. Comidas que gostamos e já sabia preparar, porque na Ceia de natal não é momento de testar receita, pelo menos eu não arrisco. Rs 

Assei um chester que temperei com suco de pêssego. Ficou delicioso. Acompanhou farofa natalina (com linguicinha, cebolas, batata palha e uvas passas). Arroz branco e batatas coradas na manteiga com queijo parmesão ralado na hora, alecrim fresco e peito de peru.

Para sobremesa, fiz pavê de panetone com mousse de chocolate, pudim de pão que o marido ama e tinha sorvete e frutas frescas que não podem faltar. 

As bebidas... Bem para nós, o Natal combina perfeitamente com chanpagne. Suco para as crianças.

Sobre a decoração... Ela foi totalmente homemade. Tão eu. E achei que ficou bem bonito. Usei minhas louças e dei uma cara de festa usando taças, velas, guardanapos de tecido e muito amor envolvido. 

Algumas fotos dessa noite preparada com muito carinho. Foi muito bom celebrar o nascimento de Cristo com pessoas especiais. 





















terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Para dizer obrigada!

Clarice,
A vida é um ciclo. Termina a semana, termina o mês, termina o ano. Fechamos ciclos para abrir novas fases que trarão mais desafios, mais apredizado e com tudo isso, filha... A gente cresce. O tempo nos mostra com a experiência de cada fase que crescemos. Olhar pra trás pode nos acender uma saudade muito grande, de amigos, de professores, de porteiros... De todos aqueles que participam da nossa vida, todos os dias do ano. Olhar pra trás nos faz valorizar a nossa história, faz a gente reviver sorrisos, amigos, dificuldades. Quando fechamos um ciclo, às vezes não sabemos o que vem no próximo. Porque a vida é uma surpresa, das boas e das nem tão boas assim. Mas é preciso dizer obrigado. Primeiro a Deus. O autor dos nossos dias. Depois a professores que passaram pela sua vidinha, te ensinando todos os dias algo novo. É preciso dizer obrigado a porteiros como o tio Daniel que todos os dias (digo, todos os dias) abriu a porta do carro e da escola com um sorriso e com um bom humor irradiante. Certamente ele sempre alegrava sua entrada e saída na escola, deixando a mamãe aqui mais feliz por encontrar pessoas assim para conviver com você. Pessoas passam por nossa vida e deixam um pouco delas em nós. Deixamos um pouco do que somos nas pessoas que convivem com a gente também. Que seus amiguinhos possam encontrar muitas Clarices pelo caminho. Que vc encontre muitas e muitas Sofias, Isabelas, Théos, Marjories, Biancas, Mirellas, Gustavos que tanto te alegraram na escola. É preciso dizer obrigada, filha. Ano que vem o voo é mais alto. É só bater as asas, filha. Vc já sabe! 

Lembrancinhas de fim de ano para professores e funcionários da escola da Clarice.
Foi um feliz achado esses porta guardanapos em forma de pinheiro de Natal! 

Acompanhou muffins de cenoura que Clarice e eu fizemos juntas. 


terça-feira, 8 de dezembro de 2015

As velas do advento

Nosso calendário do advento tem seguido. Todos os dias com uma atividade para realizar com as crianças e a história do nascimento de Cristo sendo contada aos poucos. Elas já conhecem toda a história, mas estamos fazendo assim aqui em casa para que todos os dias possamos ler junto com elas a história do nascimento de Jesus. 

Todo domingo do advento estamos seguindo a tradição de acender uma vela. Essa tradição tem apenas a intenção de contar de modo especial os domingos que antecedem o Natal. Essa parte é feita com supervisão e não deixo as crianças perto do fogo e nem deixo as velas acesas o domingo todo porque assim não corro o risco de acontecer algum acidente. 
Aqui em casa, fiz de modo simples usando um pires vermelhinho com 4 velas e uma pinha enfeitando o centro dele. Um jeito bonitinho de não deixar passar em branco. As atividades dos domingos do advento são ir à Igreja porque somos protestantes. Segue as fotos dos domingos até agora. Já foram três!

Criar tradição leva parte do nosso tempo e dedicação. É criar memórias. É esperar uma surpresa nova  sempre que fazemos a mesma coisa. Estamos amando esse tempo e essa contagem especial enquanto esperamos o natal. 

O calendário prontinho! Apaixonada nele.

A guirlanda que fiz para colocar acima do calendário. Fiz com pedaços de retalhos, um aro e muita paciência, sem pressa. Amei tanto o resultado!


O primeiro domingo do advento.



O segundo domingo do advento.


Terceiro domingo do Advento.


Esse post será editado para colocar as outras fotos que ainda virão. <3


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...