quarta-feira, 24 de junho de 2015

Alegria





Clarice,
Nem tudo que faz graça guarda alegria no coração. A alegria vem em doses na vida. Ela pode aparecer como um frio na barriga, com o abrir de uma porta, com a chegada de alguém, com uma bola de sorvete de pistache. A alegria é uma busca. É o intervalo bom da vida... É simples como  assoprar aquela flor que flutua leve como um pingente ao vento... A alegria é complicada como a saudade de alguém que está longe ou de alguém que partiu pra sempre. A alegria é uma lembrança. As vezes a gente guarda muitas delas em caixas de recordações, como um tesouro particular. E a gente se alegra com cada vez que o pegamos. A alegria está no estado de espírito de uma criança de 4 anos ou de uma criança de 80 anos. A alegria pode ser uma máscara... A alegria é oportunidade para sorrir, abraçar, chorar. Alegria serve para  extravasar ou para sentir em silêncio, com lágrimas nos olhos. Você nos distrai com alegria há quase 5 anos. A alegria, filha, nos distrai! 
Da sua mãe.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...