sexta-feira, 29 de maio de 2015

Curiosidade e incentivo

Essa semana é a #semanamundialdobrincar. Aqui em casa, brincadeira é algo que realmente achamos relevante. Existe muitas maneiras de envolver a criança em uma brincadeira lúdica, que, soma conhecimento e aprendizado. Quando a criança brinca, ela exercita a autonomia, a intuição, a criatividade, a socialização, o saber compartilhado. Numa única tarde de sábado ao ar livre, a criança pode desenvolver várias atividades que proporcionam tudo isso, em família, com amigos... Etc. Desacelerar é preciso. Valorizar o feito em casa, o slowkids é uma atitude que temos colocado em prática, não fazendo de nossas filhas, pequenos adultos cheios de compromissos.

Precisamos, inclusive, respeitar o momento e a maneira que a criança brinca. Veja o que diz no blog da Semana Mundial do Brincar "Quando adultos cometem interferências constantes, tentando ensinar as crianças a brincar corretamente, eles podem estar anulando outras possibilidades de construções internas que ocorrem naquele momento.
Cuidados como estes e outros, como respeitar os momentos das brincadeiras livres, onde podem correr e se movimentar, fazem parte da necessidade das crianças para que  possam  desenvolver-se  plenamente, de forma sadia, física e emocionalmente."
Um exemplo de como a criança aprende com uma simples brincadeira segue abaixo:

Clarice e seus amiguinhos de sua idade estão na fase da curiosidade com as palavras.
Aqui em casa achamos isso o máximo e tudo o que ela conhece ela consegue juntar e ler. 
Estou super curtindo essa fase, estou na verdade, babando nessa fase, e babando também minha menina. Quando saímos de casa, ela fica toda feliz ao ler alguma palavra que reconheceu. 
As perguntas "como escreve isso?" , "como escreve aquilo"? tem sido bem frequentes.

Para colocar lenha nessa fogueira, e como adoro uma atividade manual, e se isso incluir as meninas, fico ainda mais contente... Comprei EVA de várias cores e cortei letras grandes, muitas vogais e coloquei num cesto de vime. Com isso, a brincadeira de soletrar e montar palavras fica mais lúdica e palpável.

Comprei também letras de plástico, dessas que custam bem baratinhas. 



Esses simples objetos podem fazer muito feliz uma tarde de inverno em casa. Pode tornar feliz um dia de chuva, pode aguçar ainda mais a curiosidade de seus filhos, pode incentivar a leitura e o prazer pela descoberta. Além do precioso tempo de qualidade que você terá com seu filho em casa.

Outras sugestões para aguçar essa fase de aprendizado:

Uma simples lousa e giz para desenhar as letras quantas vezes quiser;
Recortar palavras ou letras em revistas, jornais... 
Tinta e cartolina;
e tantas outras coisas que, com criatividade, essa fase será mais deliciosa ainda para toda a família.


Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...