terça-feira, 20 de maio de 2014

Crescer é esquecer



E pensar que hoje mesmo te mandei parar, filha.
Me perdoe!
Eu já cresci.
Eu esqueci.
E assistindo esse vídeo não consigo me perdoar por todas as vezes que pedi que vc parasse,
que vc ficasse quieta, que vc sossegasse.
Quando eu te mandar parar, filha, me mande me mover!!
É parando de brincar que a gente cresce.
Que pena!
Poderíamos crescer e continuar brincando.
Mas vida de adulto muitas vezes não é brincadeira.
Quando eu te dou uma caixa de papelão e vc diz:
- não é caixa, mamãe, isso é um castelo!
A perspectiva infantil é encantadora e é tão bom viver isso ao seu lado.
Tem poesia em seus olhos.
Nos olhos das crianças...
Tão pura e limpa a sua poesia.
Que me arrebata se estou desanimada com alguma coisa.
É que as vezes, a vida tira a poesia da gente.
E você me lembra que existe sorvete e brigadeiro!
E que uma caixa de papelão pode ser um castelo...
Não vejo mais pedra onde existe pedra.
Não tenho o direito de te mandar parar, de cortar as asas da sua imaginação.
Você me devolve a poesia e me mostra todos os dias a criança que fui.
A criança que lá no fundo ainda existe e vem dar um olá...
É nesse momento que perco o pudor e me sento no chão pra brincarmos juntas.
Pequena criança cheia de energia, criatividade...
Que tem urgência em conhecer o mundo que movimenta.
E se existe uma urgência nesse mundo é para a brincadeira.
Não precisa parar de brincar para ser sério, não mesmo!
Como eu posso te pedir para parar?!
Com qual direito?
Por favor, me lembre a não esquecer.
Não pare!
Bob representa a infância que tive. A imaginação infantil voa e encanta!



2 comentários:

  1. Que lindo Samyra! Por isso nunca devemos parar com o nosso atsicatsi, nem com as bobeiras. A gente só tem que ser sério quando precisa. No restante, que sejamos bobos. Sempre defendi isso. Como é bom aprender com os pequenos. O Mestre já dizia que dos tais é o Reino dos Céus. Ele sabia o que dizia. A Clarice tem razão. O papelão é um castelo. Essa pequena frase resume muita coisa profunda sobre perspectiva. Obrigado por compartilhar o seu aprendizado com ela. Agora somos dois quem aprendemos com a pequenina.

    Abração do seu irmão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela ilustre visita! Adorei vc ter passado aqui, Thiago. Muito oportuno seu comentário e sejamos crianças. Aprendemos muito com elas. Beijios da sua irmã!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...