segunda-feira, 21 de abril de 2014

Amor por amor. A Páscoa!



Esse ano contei pra Clarice o que é a Páscoa. A Páscoa dos cristãos. Ela ama histórias e todas as noites contamos histórias pra ela antes dela dormir.Às vezes, estamos exaustos, o pai dela e eu, mas é difícil escapar desse ritual. Ano passado ela compreendeu tão bem a história do Natal... e esse ano ela conheceu melhor o que é a Páscoa. O fato de Clarice ter quase 4 anos ajuda bastante.  E você deve estar se perguntando... e o coelho? e os ovos de chocolate que ela ganhou? Assim como o papai noel, o coelhinho da páscoa e os ovos de chocolate são meras brincadeiras. Ela por si só daqui a poucos anos, saberá que isso tudo faz parte do lúdico, do imaginário.

O vídeo dessas crianças encenando a Páscoa é tão lindo! A verdadeira Páscoa! Eu fico imaginando...
meu marido é um super paizão... desses que participa, dá palpite, passa a noite em claro quando as crianças adoecem, leva ao parque para brincar, dá banho, mamadeira, troca fralda. Eu sei... ganhei na loteria! E as meninas também.

E sendo meu marido esse pai como ele é, já o ouvi mencionar algumas vezes, em algumas ocasiões, que daria sua própria vida para salvar as meninas.

Um pai pode dar sua vida pela vida do filho. Deus deu seu filho para salvar a vida do mundo inteiro! De certa forma, Ele virou as costas para a dor do Filho, para salvar aqueles que Nele crer. Que grande amor é esse! Como um pai pode virar as costas para a dor do filho?

Nós pais e mães tomamos as dores das nossas crianças às vezes por tão pouco.  Somos pais e mães que defendemos nossos filhos com unhas e dentes. Raramente somos imparciais. Quando os filhos adoecem, preferiríamos que fosse a gente e não eles. Sabemos os defeitos dos nossos filhos, mas ai daquele que resolver apontar pra humanidade algum risquinho de imperfeição em nossos seres angelicais.

Deus deu seu Filho para morrer. Ele deixou seu Filho ser humilhado. Cristo carregou sua cruz e morreu nela. Que amor é esse?! Amor por amor. De graça, todos os dias.

Feliz Páscoa!

sexta-feira, 11 de abril de 2014

O que acontece num piscar de olhos


Crianças nascem.
Crescem.
Engatinham.
Se põe de pé agarrando em qualquer coisa.
Completam  9 meses.
Amores são capazes de nascer assim... Do nada.
Quando olhamos um grãozinho com coração pulsante num ultrassom.
O amor nasce.
Cresce.
Num piscar de olhos Cecilia nasceu.
Num piscar de olhos e, olha... Ela completa hoje 9 meses.

Se a gente não prestar atenção, a gente perde muita coisa.
Eu escrevi aqui pra Cecilia, que somos capazes de nos apaixonar completamente em 1 mês, então imaginem só o que esse amor todo se transformou em 9 meses de convivência e de muito tempo juntas.

Cecilia é minha raspinha de taxo. Planejávamos muitos filhos, casa cheia. Contudo, depois que Cecilia nasceu, pensamos que nossa família já está de bom tamanho. Quem sabe um cachorro ou um gato daqui uns tempo, para as meninas curtirem e crescerem com um irmão de quatro patas.

SIM. O amor  dobrou, triplicou sei lá mais o quê!!! Amo Cecilia e suas fases. Amo a mãe que sou
pra ela e, aqui entre nós, sou muito melhor mãe pra ela do que fui pra Clarice, quando Clarice era bebê. Cecilia não é sufocada, eu deixo ela respirar, deixo ela conhecer o que raios tem em baixo da mesa. Deixei ela experimentar o perigoso açúcar do danoninho aos 6 meses. Ah... e ela foi uma vítima desavisada dos males do cloro quando brincou linda e alegremente na água da piscina do
condomínio. Pra minha maior surpresa, ela não adoeceu com o cloro, nem com o vento, não engordou com o danoninho e ela descobriu o que raios existe em baixo da mesa. O que tem lá é tão
legal que hora ou outra ela volta.

Essa bebezinha sabe mesmo aproveitar a vida! Com 9 meses dando um banho de experiências vividas em família, com pic-nics, banhos de piscina e pezinhos na grama.

Minha vidinha - 9 meses
Ela está crescendo num piscar de olhos. Só me resta aproveitar minha raspinha de taxo. Não precisa dizer... Eu já sei que eles crescem tão rápido.

Feliz 9 meses, minha florzinha!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...