quinta-feira, 28 de julho de 2011

Cambalhotas aos 28 anos

  Clarice,

Você me mostra outros ângulos da vida que eu não via faz tempo... São mais cores, mais possibilidades, mais detalhes. Que bom você existir e me ensinar que ainda posso brincar, ainda posso me jogar no chão e rir com você. Foi assim quando olhei pra mim. Nem sequer passou pela minha cabeça que alguém poderia ver e rir de mim ou pra mim. Só sei que quando olhei, eu estava no chão, virando cambalhotas, brincando no parquinho e vivendo com você suas primeiras aventuras.

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Seu primeiro outono


Deixo Cecília Meireles dizer em meu lugar: Seu primeiro outono.


(...)Tu és a folha de outono 
voante pelo jardim.
Deixo-te a minha saudade
- a melhor parte de mim.
Certa de que tudo é vão.
Que tudo é menos que o vento,
menos que as folhas do chão...





quinta-feira, 7 de julho de 2011

1 Ano de Clarice

É claro que a mamãe aqui preparou uma festa! Será sempre dia de festa o dia que Clarice nasceu.

Foi com muito amor, dedicação e cola quente que eu preparei esse aniversário. Desde que Clarice nasceu, esse dia foi planejado. O tema fugiu do ramo comercial e optei pelo tema fofo, passarinhos. Afinal Clarice está aprendendo a voar. Feliz aniversário, filhotinha! Que você tenha lindos vôos durante a sua vida, mas só não voe pra muito longe da mamãe e do papai. Te amamos e te queremos sempre em nosso ninho!

Fotos? Tenho muitas! Selecionei algumas para postar aqui.
Os créditos das fotos vão para a titia fotógrafa coruja - Jeane Carla
E os créditos dos potinhos de biscuit e os mini passarinhos de biscuit também vão para a titia Jeane Carla.
O restante, foi tudoooo a pessoa aqui que fez.
Foi amor à primeira vista que tive com esses passarinhos.













terça-feira, 17 de maio de 2011

Nana Nenê, não obrigada!

Tem algumas teorias que me assustam.
E as dispenso sem medo de ser feliz.
Deixar o bebê chorar até dormir?
Não dar colo?
Deixar ela so-zi-nha no quarto até dormir?
Dizer pra ela: boa noite, filha. Hora de você dormir sozinha, viu?!
(Ei? Psiu? Ela tem meses de vida. Será que vai compreender esse português assim... FÁCEO?)
Quanto tempo mesmo ela será um bebê de colo? Ahh sim, um ano. Não meus caros Gary e Robert. Eu prefiro tê-la em meu colo, prefiro que ela me chame (chore) quando queira minha presença. Não apenas quando está com fome, frio, ou queira fraldas limpas. Bebês também choram porque querem colo, querem atenção. Não admiti que ninguém mandasse minha recém nascida ficar no berço chorando sem minha presença. É muito pra minha cabeça.
Não quero que ela fique chorando sozinha, num lugar que ela conhece tão pouco, porque era meu útero quentinho, silencioso e aconchegante que ela conhecia a tão pouco tempo e estão querendo que eu a deixe chorar? sozinha? até dormir soluçando? Não. Obrigada!
A mamãe fará de tudo nessa vida para estar ao seu lado, sempre que você chorar.

Gente, cada um é cada um. Cada qual é cada qual. Respeito quem fez(faz) esse método. Mas ele, definitivamente, nunca foi pra mim e Clarice. E nunca será para o próximo bebê que nascer nesta casa.
Desde que Clarice nasceu, o meu sono nunquinha foi mais o mesmo.
Ainda que ela durma a noite toda (acontece às vezes) eu acordo para ver se ela está bem, acordo para cobri-la, acordo para ver se a fralda está legal, para ver se está respirando (meu lado neurótica, quem nunca?), acordo quando ela faz seus barulhinhos madrugada afora.

Clarice está passando pelo processo de dormir sozinha só agora, com uns 9 ou 10 meses de vida. Quando fazê-la dormir no colo é uma eternidade porque ela passou a brincar e sorrir enquanto esta no colo, e quer sair do colo para engatinhar... essas coisas. Foi aí que percebi que seria legal ela começar a aprender, aos poucos, a dormir "sozinha". E quando isso foi implementado não foi bruscamente, o meu método era seguir a rotina antes dela dormir e  ficar ao lado do berço para fazer com que ela se sinta segura. E para a minha alegria, ela não demora a dormir.

Acho mais fácil pegar no colo, acalentar, acalmar, cantar, ninar... até que durma. Que durma sem chorar, sem traumas, sem medo da mamãe não estar por perto. Isso nunca foi um problema. Sempre foi nossa opção (solução).

Nana, nenê... no colinho da mamãe, do papai, da vovó, do vovô, da titia, do titio. Nana nenê... a cuca não vem pegar.


domingo, 8 de maio de 2011

O Batismo da Clarice

Clarice,

Hoje cumprimos um precioso dever diante de Deus. Levamos você para o batismo e para prometermos a Deus que ensinaremos você a andar nos caminhos do Senhor. Minha oração é que você cresça e seja bênção por onde andar.

Ensina a criança no caminho em que deve andar, e ainda quando for velho, não se desviará dele.
A melhor herança, o maior legado queremos deixar pra você, Clarice.
Que Deus a abençoe todos os dias da sua vida!

Fotos de Jeane Carla. 



Igreja Presbiteriana Ebenézer - Osasco, SP

Nós atentos ao compromisso.

Rev. Hermisten Maia Pereira da Costa, o pastor que realizou, também, o nosso casamento.

Oração


Batismo

Batismo



Lembrancinhas do batismo




O vestido da minha princesa

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...